Há poucos dias comprei o livro “Quem Pensa Enriquece” pois muita gente já tinha me indicado. Coincidentemente, logo no primeiro Capítulo, o autor mostra a importância de transformar o desejo em uma ideia fixa, estabelecida, tracejada com planos e meios definidos para conquistá-la e ainda basear esses planos em uma persistência que não admite o fracasso…
No me enrollo más, muchas gracias por el post, completo y bien organizado. Si acaso hecho de menos alguna mención sobre los productos comercializados, entiendo que la afiliación te la reserves, Juan, pero por curiosidad, ¿qué producto propio vendías a través de Amazon?, si ya lo dejaste, el secretismo no sería necesario, no?, jeje. En el fondo me interesa porque tengo en mente vender un producto propio, pero con el agravante de que no existe en el mercado, y el tema transporte me preocupa (en tu caso ese punto superaba al valor de la mercancía), y lo mismo saber el volumen y peso aproximado de tu producto me sirve para hacerme una idea del coste de transporte en mi caso, para tenerlo en cuenta antes de hacer números y lanzarme.
Es cierto que en España no se ven esos casos de éxito tan brutales, al menos yo no los conozco. Mi teoría es que en Estados Unidos hay más población que en España (unas 5 o 6 veces más) y además la gente está más acostumbrada a comprar por internet, con lo cual es fácil estimar que el mercado total allí puede ser 10 veces más grande que el español.
Respecto a los costes iniciales: depende mucho del negocio que elijas. Como tu dices no existen los milagros, y me parece que he insistido mucho sobre ello en el artículo. Una página web no se hace sola, así que o aprendes cómo hacerla o contratas a alguien que la haga por ti, de la misma manera que un local no se reforma solo, así que contratas a unos albañiles o lo reformas tú. Hay casos y casos, pero de nuevo creo que estamos de acuerdo en que POR LO GENERAL los costes suelen ser mucho más bajos en Internet.
Em Portugal, é certo que quem trabalha em casa é, muitas das vezes, visto como trabalhador independente, ou freelancer, pois ainda não são muitas as organizações que permitem que os seus colaboradores trabalhem remotamente. No entanto, com a crescente importância da tecnologia para cumprimento das funções, trabalhar a partir de casa poderá ser, num futuro próximo, uma realidade para muitas pessoas.
Olá, não trabalho com MMN mas entendi que sua análise, impecável de acordo com sua visão e experiência, é incompleta se o objetivo é ajudar pessoas a escolher, justamente por se tratar de algo pessoal de sua experiência. Como a HINODE está ausente de sua lista, mesmo presente na maioria dos avaliadores deste tipo de negócio, e pelos números que apresenta, acho que sua avaliação fica prejudicada, pois em todos os negócios, há falhas e principalmente pelo fator humano, com suas maneiras de recrutar, como aconteceu com você e um representante Hinode. Mas agradeço seu serviço que visa agregar conhecimento… Leia mais »

O Fiverr é um dos sites mais populares para quem pode oferecer seus talentos artísticos, já que você pode ganhar dinheiro fazendo música, editando fotos, escrevendo, criando gráficos e muito mais. Cada tarefa que você realiza com sucesso rende por volta de 5 dólares, mas também dá para ganhar um pouco mais em certo casos. Clique aqui para conhecer o site.
×