É fácil para um designer trabalhar a partir de casa e há imensos que o fazem. O necessário? Ter um bom portfólio com os seus trabalhos! Esta é a melhor forma de angariar clientes, já se sabe. É certo que pode, muitas vezes, ter de agendar reuniões com os clientes, no entanto, muito do trabalho (ou praticamente todo) pode ser feito no conforto da sua casa.

O negócio do século XI – segundo o mais novo livro de Robert Kiyosaki – “O Negócio do Século XI” – lançado no EUA em 2011 e no Brasil em 2012. Robert confessa que se não tivesse nenhuma empresa própria, ou se estivesse “quebrado”, ele seguiria os passos de uma dessa empresas de Marketing Multinível. Não só Robert Kiyosaki disse isso, também outros especialistas como: Donald Trump, entre outros. Vou falar mais sobre isso na última dica (dica #13 – MMN). Por enquanto vamos focar no modelo de marketing de venda direta. É um negócio que todos conhecem e há muitas de pessoas fazendo esse trabalho de venda direta. Já vi gente ganhando muito dinheiro, e outros perdendo dinheiro. Tenho conhecidos bem próximos, primos e cunhadas, que trabalham com algumas empresas e vendem produtos. É um mercado indicado para mulheres, mas isso não impede um homem de entrar nesse negócio, que muitas vezes costuma a oferecer lucros de 40%. Algumas empresas, como a MonaVie apresenta um plano de carreira que pode representar ganhos de até 55%.
O sucesso no MMN é fácil – Vender os produtos do MMN à família e amigos é sempre a primeira estratégia usada por quem entra nesta ilusão. Vais perder os teus amigos e podes nunca voltar a ter o seu apoio. Sem contar que, não conheces o número suficiente de pessoas para ganhar e ter sucesso no MMN. Vais acabar por começar a recrutar novos distribuidores tentando passar a ideia de sucesso ou vais desistir.
Vou mostrar para você aqui algumas ideias. São maneiras reais que eu pessoalmente, e diversas pessoas, usamos dia após dia. Não peço que você acredite em mim. Pelo menos não agora. Só peço que você JULGUE, com seus próprios instintos, se essas ideias fazem sentido. Se são ideias que você consegue ver que REALMENTE poderiam possibilitar você a trabalhar em casa.

Resulta que la combinación WordPress + Woocommerce ha desbancado al resto de competidores (Magento, Prestashop, Shopify…) precisamente por su facilidad de uso como motivo principal. Además, es que darle un toque profesional y atractivo también es más sencillo que nunca debido a la gran cantidad de plantillas que ya vienen preparadas para albergar una tienda online apetecible, como puedes ver en ese contenido enlazado.
Claro que, há também aspetos que podem ser considerados como menos positivos ao enveredar por esta opção, e que fazem com que trabalhar desta forma não seja também viável para qualquer pessoa. É necessário ter um certo… perfil. Digo isto porque o facto de ficar ‘sozinho’ e não ter colegas de trabalho, ou o facto de estar em casa e tendencialmente ter mais tempo livre, exigem um boa dose de auto-disciplina e auto-motivação que, convenhamos, não são assim tão fáceis de manter diariamente, nem são características comuns a todos nós. Verdade?
O Méliuz é especialmente interessante para quem costuma fazer compras. O aplicativo permite que você receba de volta uma porcentagem do valor gasto em lojas como Casas Bahia (que devolve 5%), Hotel Urbano (4%), ClickBus (7%) e Amazon (R$ 2 de volta). Apesar de parecer estranho, o sistema funciona de forma simples: as empresas pagam para anunciar no Méliuz. Com isso, quando o consumidor compra no site por indicação do aplicativo, a comissão deles é dividida com o cliente, que recebe de volta uma pequena porcentagem do valor da compra.

– Relacionado con lo anterior… si hablamos de pilares fundamentales yo no hablaría de estrategia SEO ni de linkbuilding ni de nada de eso… salvo que seamos profesionales del SEO (que no suele ser el caso). Sé que puede sonar sorprendente pero muchas veces recibo peticiones de consejos en ese sentido, y mi respuesta es decirle a la gente que empiece a trabajar olvidándose de todas esas cosas. ¿Por qué? Porque si se trata de usuarios no iniciados (el usuario iniciado no suele pedir consejo) hablarles de Google, de enlaces y de cosas de esas es una bomba de relojería. Lo más probable es que lo malinterpreten todo, se piensen que en este tipo de negocios gana el que encuentra el mejor atajo, y un buen día… “- Ouch! penalización! maldito algoritmo caprichoso!…”


Ola, Mario! Obrigado pelo comentário. Primeiro, esse artigo serve como uma recomendação baseada na minha experiencia de 18 anos nesse mercado. O meu analise não sei se eh impecável, mas ele eh baseado num monitoramento constante desse mercado por muitos anos e contatos com centenas de lideres profissionais de varias empresas de MMN no Brasil e no mundo todo. Segundo, o tamanho de uma empresa, mesmo sendo a maior do Brasil num momento, não significa melhor oferta de oportunidade. Um representante da Hinode nunca vai concordar comigo ate o momento quando ele sai da empresa, isso eh obvio. Posso falar… Leia mais »
Queria preguntarte si todos los nichos los tienes en un mismo hosting? o Por separado? En mi caso, aún pienso en si es mejor tener todos los nichos en un solo hosting (ya sea compartido o dedicado) con una IP dedicada o tener cada nicho en un hosting diferente (que también ayudaría para linkbuilding y por ejemplo si en algún momento lo vendo sería mas fácil dar todo incluido)? Que me recomendarías. Por ahora tengo todos en diferentes planes de hosting aunque con la misma empresa.

Há possibilidades de ganhar pelo menos 8 mil dólares em certo casos, mas é necessário montar um material de qualidade para atrair estudantes, é claro. Depois de colocar seu curso online, também poderá entrar no grupo de Facebook da Udemy. Lá, você pode tirar suas dúvidas e estar em contato com outros produtores. Eles pagam 50% de cada venda (a outra metade fica para eles) mas eles mesmos fazem a divulgação dos cursos por você, investindo em publicidade online no Google, Facebook e Instagram, por exemplo. Clique aqui para acessar o Udemy.

×