Efectivamente hay poca calidad en los blogs que se ven por ahí… Yo estoy pez en esto y necesito leer más y más para saber cómo encaminarme y alejar dudas e inseguridades. Creo que puedo ayudar a la gente y a la vez ayudarme a mí misma creando mi propio negocio sobre moda y estética, hablando de productos en general de grandes hipermercados o de firmas de moda. Lo difícil es cómo enfocarlo.
Eu utilizo o método 2 como freelancer pelo site 99freela e já ganhei em uma noite com apenas uma animação de 20s 300 reais… Estou utilizando meu canal #TitoLuiz no YouTube pra divulgar produtos digitais e ajudar as pessoas com dicas.. Estou crescendo meu canal agora aos poucos, ele é recente tem apenas 3 meses aproximadamente mas o SEO está funcionando bem..
Somos uma equipe jovem e entusiasmada à frente da Inquéritos Pagos. Nós desenvolvemos esse site para fazer com que todos tenham acesso às oportunidades de pesquisa que mais pagam no Brasil, transformando-as em experiências divertidas, fáceis e confiáveis. Você é sempre bem-vindo ao entrar em contato conosco, estamos aqui para lhe ajudar no que for possível!
1. Sí que pensé hacer un curso online y sé que esa sería la manera de rentabilizar el blog si lo retomase, que es algo que me gustaría hacer en algún momento. De hecho, comencé a preparar el primer videocurso y estuve trabajando en ello durante unas semanas, pero vi que me llevaría varios meses acabarlo y vi que no disponía de ese tiempo; además, las páginas nicho ya me estaban funcionando, así que la decisión estaba clara. Entre trabajar varios meses en algo que no sabía si funcionaría o dedicarme a aquello que ya rendía, opté por esta última sin dudarlo mucho.
Aqui é a melhor parte. Palavras de Mauro Halfeld na Rádio CBN: coluna Dinheiro (24/08/2006) “Sugestões para ganhar mais: ter um segundo trabalho, sim, aproveitar os momentos de folga para ter mais renda. (…) sem falar na enorme variedade de produtos a serem vendidos no marketing de rede.” Já o senhor Max Gehringer do Fantástico, falou em sua coluna também na Rádio CBN, em (03/12/2007): “Tente o Marketing Multinível. Você será autônomo, terá o treinamento apropriado e não terá chefes pegando no seu pé. Os resultados serão consequência direta do seu esforço.”  Escritor brasileiro Roberto Shinyashiki é um psiquiatra e empresário brasileiro, famoso autor de livros de auto-ajuda e palestrante motivacional. Ele disse em seu livro “Tudo ou nada” (p.20) – “Definitivamente, o problema não é o marketing de rede, e sim a maneira como a pessoa assume o negócio”.  Embora muito já tenha se falado sobre “ganhar dinheiro fácil” com Marketing de Rede (marketing multinível MMN), essa informação não procede. Esse negócio nada mais é do que um negócio como outro qualquer e, como tal, requer esforço, dedicação, trabalho e suor. Se em algum momento alguém lhe convidar para iniciar no MMN com promessas de dinheiro rápido, “sem ter que vender nada, que indicar nenhum produto, patrocinar ninguém”, esqueça. Porém, nem tudo é má notícia: é comum, sim, vermos distribuidores de empresas de Marketing Multinível tendo vidas inimagináveis noutros negócios. O que acontece é que como em todo ramo de negócios, no Marketing de Rede algumas pessoas também vão além da média e conseguem fazer muito dinheiro. Porém, como falei anteriormente, elas estão construindo um negócio dentro de outro negócio. Nesse caso, então, toda a parte “chata” da gestão do negócio fica por conta da empresa e, portanto, não raramente sabemos de distribuidores de Marketing de Rede que, tendo atingido altos patamares no negócio, literalmente, levam uma vida nova e numa boa. O bacana do MMN é que a parceria com a companhia que você “representa” é quem é responsável para produzir os produtos, a administração, NFe, logística e toda a burocracia. Você só tem que compartilhar a marca e os produtos de forma organizada e profissional. Nas horas vagas. Renda extra !!! 

Escrevi aqui no blog algumas Dicas de economia doméstica comprando produtos usados. Agora imagine você compartilhado com seus amigos e vizinhos as roupas e/ou produtos usados que possui e queira trocar ou vender. Estará assim ganhando dinheiro com isso além passar algumas horas agradáveis. Possuo esse costume de sempre procurar algo usado antes de comprar algo novo. Fui criado assim, e isso me ajuda muito a economizar dinheiro. Mas aqui estamos falando de ganhar dinheiro extra. Por isso vamos focar no negócio em si. Todo mundo tem alguma roupa ou calçado que não usa. Um equipamento eletrônico fora de moda, ou ainda um celular ou máquina fotográfica que queria se desfazer. Seja porque não gosta, ou porque não se usa mais, ou ainda porque está lhe incomodando. Se for porque não serve mais pra você, lembre-se que para outro alguém poderá ser útil. O que pensa sobre negociá-lo por um valor um pouco menor hoje, porém ainda com uma margem interessante de lucro? Um exemplo: meu irmão mais novo tinha uma coleção de joguinhos de vídeo game antigos. Tipo Atari. Nem existe mais, é da década de 1980. Enfim, resolveu vender todos. Mas ganhou mais dinheiro ainda quando descobriu que vendendo tudo separado, cada jogo para uma pessoa diferente, conseguiria mais dinheiro ainda… hehehehe. Negócios a parte, ganhamos dinheiro juntos. Bastou divulgar e esperar os telefonemas. Vendas garantidas, dinheiro no bolso.
Todas estas profissões são flexíveis em termos de horários, têm uma taxa de remuneração satisfatória e ainda permitem desenvolver as suas capacidades mesmo ficando em casa. Porém trabalhar em casa também exige um bom planeamento e organização da sua parte, caso contrário o trabalho não tem nem início nem fim e passa a misturar-se com a sua vida pessoal e familiar.

Según leía tu post, se me han ocurrido varias páginas nicho en las que podría probar suerte. Soy diseñador gráfico y uno de mis últimos clientes se dedica a un mercado bastante concreto al que yo me dedico por afición y conozco en cierta manera. Se me ha pasado por la cabeza integrar dicha página nicho u simplemente un blog dentro su web y aprovechar el tráfico que ya tienen. ¿Cómo ves esta opción? ¿Crees que merece la pena o por el contrario es recomendable hacerlo de manera independiente sin relacionarlo con un negocio existente?


El número de posibles clientes que puede tener una librería física está limitado por su localización. Como es lógico, es mejor abrirla en la Gran Vía de Madrid, por donde pasan decenas de miles de personas cada día, que en un barrio residencial a las afueras de Cuenca. En el primer caso la exposición a posibles clientes es mucho mayor. Al haber más gente que pase por allí, también habrá más gente que se sienta atraída por algún artículo del escaparate y acabe haciendo una compra.
Já pensou em fazer um curso de música? Tocar violão? E como cabelereiro(a), de corte e costura? Estão aí formas de fazer renda adicional. Como musico por exemplo você poderá fazer umas horinhas extra nas noites da semana a rende dinheiro extra pro seu bolso. Além de se divertir e conhecer pessoas novas. Networking noturno. Aprenda uma nova profissão e passe a exercê-la nas horas vagas. Seu plano B. Quem sabe o negócio não cresce e vira sua fonte de renda principal. Seu plano B transformando-se em plano A. Muitas pessoas conhecem uma nova vida quando partem para o opcional. Descobrem que podem ganhar dinheiro a ainda se divertir. Qualidade de vida e renda garantida.
Há possibilidades de ganhar pelo menos 8 mil dólares em certo casos, mas é necessário montar um material de qualidade para atrair estudantes, é claro. Depois de colocar seu curso online, também poderá entrar no grupo de Facebook da Udemy. Lá, você pode tirar suas dúvidas e estar em contato com outros produtores. Eles pagam 50% de cada venda (a outra metade fica para eles) mas eles mesmos fazem a divulgação dos cursos por você, investindo em publicidade online no Google, Facebook e Instagram, por exemplo. Clique aqui para acessar o Udemy.
×