Marketing multinível (MMN), também conhecido como venda direta ou marketing de rede , é um modelo comercial de distribuição de bens ou serviços em que os ganhos podem advir da venda efetiva dos produtos ou do recrutamento de novos vendedores.[1] Diferencia-se do chamado “esquema em pirâmide” por ter a maior parte de seus rendimentos oriunda da venda dos produtos, enquanto, na pirâmide, os lucros vêm, apenas ou maioritariamente, do recrutamento de novos vendedores.[1] Nos Estados Unidos, uma forma de diferenciar os dois sistemas é a chamada regra dos 70%: se a empresa tem 70% ou mais de seu rendimento advindo dos produtos, é marketing em rede, senão é pirâmide.[2]
The main sales pitch of MLM companies to their participants and prospective participants is not the MLM company's products or services. The products/services are largely peripheral to the MLM model. Rather, the true sales pitch and emphasis is on a confidence given to participants of potential financial independence through participation in the MLM, luring with phrases like "the lifestyle you deserve" or "independent distributor."[16] Erik German's memoir My Father's Dream documents the real life failures of German's father as he is lured into "get-rich-quick" schemes such as Amway.[17] The memoir illustrates the multi-level marketing sales principle known as "selling the dream".[18]

É vital para as empresas estarem presentes em todo o lado onde há possíveis clientes. E não há sítio mais vital que as redes sociais, onde podem atingir milhares de pessoas espalhadas pelo mundo. Deste modo, criou-se a profissão de social media manager para, precisamente, otimizar os conteúdos veiculados pelas empresas para os seus clientes. Quem tiver experiência e rede de contactos consegue juntar até 55 mil euros por ano, nos EUA.

De início, esses novos negócios demandaram um tempo extra e talvez algum investimento. Alguma pesquisa e network inicial. Porém, logo, depois que o seu novo negócio (próprio) começar a girar, não terá que investir muito tempo ou esforço. Apenas colherá os lucros. E lembre-se, esse trabalho extra é uma renda extra, porém deve-se ter comprometimento e desapego. Pois, por menor que seja seu negócio paralelo, ele será SEU. E você é quem deverá administrá-lo. No futuro será seu primeiro emprego e será sua nova vida. Enfim, será seu negócio próprio, sua micro-franquia. São projetos já testados como 2ª fonte de renda, mas que em muitos casos, se transformam na 1ª fonte de renda, devido a praticidade de se ganhar dinheiro. Segue a lista:
Ofrece un servicio de enseñanza virtual. Existen dos posibilidades: una consiste en permitir a los usuarios sugerir y votar para elegir el curso según sus intereses. Cuando haya suficientes solicitudes organiza el curso o taller en línea. La otra es ofrecer la posibilidad de que los usuarios lancen una pregunta que será respondida por un experto o que busquen a alguien que los capacite; en este caso se cobra por intermediación.
Outro ponto positivo desse tipo de negócio é o investimento mínimo na compra de produtos, o que facilita o início das operações. O “distribuidor independente” não precisa investir em infraestrutura, não assume o pagamento de salários dos empregados que participam das tarefas administrativas da empresa e nem arrisca seu capital montando um grande negócio.

A maior plataforma de vendas direta no internet brasileira chama-se Hotmart. É uma empresa do Grupo BuscaPé, que foi criada em um apartamento por amigos formandos de TI. João e outros amigos criaram essa ferramente que entrega o produto digital ao comprador através de seu e-mail e repassa o dinheiro através de uma plataforma de pagamentos eletrônicos. Há no Hotmart dois tipos de pessoas: produtores e afiliados (vendedores). Os dois podem vender. Porém, o produtor é quem produz seus info-produtos e vendem eles próprios e/ou colocam a disposição na plataforma da internet (Hotmart) disponibilizando para que outros blogueiros e donos de lojas e-commerce revendem seus infos-produtos, repassando assim comissões para esses vendedores (afiliados), que chamamos de afiliados. – “Vender produtos digitais nunca foi tão fácil” é o lema da companhia. Ninguém dá muita atenção para esse tipo de negócio, mas na realidade está crescendo muito no Brasil. Nos EUA já há quase 25% da população que vivem de rendas que provem da internet. O mercado de produtos digitais vem subindo ano após ano. Quais produtos podemos criar e vende na internet? => Softwares, planilhas, ebooks, audiobooks, podcasts, acessos a sites pagos e etc. Há também comunidades, assim como as redes sociais (facebook, twitter e etc) porém pagos, ou seja, você tem que pagar para entrar e participar da rede social. Parece simples, e é simples! Imagine que você saiba fazer algo e queira ensinar todos através da web. Você quer ensinar as pessoas a fazer biscoitos de soja e revendê-los. Basta escrever um ebook de 90 páginas no Word, salva em Pdf. Depois cria um CD e grava um áudio ensinado o passo a passo. Pronto!!  Já poderá vender por toda web pelo Mercado Livre, divulgando em Fóruns e deixando que outros blogueiros e donos de lojas e-commerce venderem pra você através da plataforma Hotmart.

Olá! Me identifiquei muito com o artigo, pois tenho uma mãe salgadeira, que me criou com isso, porém, hoje ela se encontra impossibilitada de fazê-los. Sei fazer docinhos e há dois meses fiz um curso de importação de produtos, mas, o que mais me chamou atenção, foi o item da publicação de um livro. eu tenho um livro registrado na BN, mas, não publicado. gente, é muita burocracia!! As editoras querem obras de escritores famosos, pois isso que é rentável, por outro lado, gráficas nos exigem tubos de dinheiro… Vc tem alguma ideia inicial?

Teste sites. Os testes de usabilidade remoto pagam para que a pessoa navegue por um site pela primeira vez, dando “feedback” ao dono do site; a maioria deles dura cerca de 15 minutos e você pode ganhar até R$ 10 por teste. Geralmente, será necessário analisar uma certa função do site do cliente e gravar a si próprio enquanto isso. Por exemplo: comprar um produto na loja online do contratante.[2]
HOLA, GRACIAS POR ESE SUPER RECORRIDO POR LAS GRANDES OPORTUNIDADES DE NEGOCIO QUE NOS MUESTRAS. SOY NOVATO EN ESTE TEMA Y QUIERO EN 2018 INICIAR MI MODELO DE NEGOCIO ON LINE.- VENDER CAMISETAS PERSONALIZADAS Y CON DISEÑOS CREATIVOS, VANGUARDISTAS Y JUVENILES ES MI OBJETIVO. ADEMÁS PROMOCIONAR PRODUCTOS YA ELABORADOS Y GANARME COMISIONES. CUAL SERÍA PARA TI EL TIPO DE NEGOCIO QUE MAS ME CONVIENE. DE ANTEMANO, MUCHAS GRACIAS Y EXITOS EN TU BLOG
Diversas empresas trabalham com um sistema em que produtos são repassados para vendedores que tem uma relação direta com um fornecedor central, como no caso da Natura. As vendas diretas como um todo movimentaram 50 bilhões de reais em 2011, o equivalente a 0,75% do produto interno bruto do país, de acordo com a FGV (Fundação Getúlio Vargas). Mais de 4 milhões de brasileiros estão cadastrados como revendedores.
Decirte que ha sido muy interesante tu post. Me gustaría comentarte un poco lo que hago porque me veo un poco identificado con tus comentarios. Tenía ganas de hacer algo por mi cuenta y me lancé en organizar viajes de forma privada a personas que no tienen tiempo para poder organizarse sus vacaciones. Este intento no fue válido…mucho tiempo perdido para poco volumen de negocio..y lo he apartado a un lado para retomarlo más adelante….
Caso você seja alguém que costuma viajar e tem espaço vazio no carro, dá para tirar um dinheirinho usando o BlaBlaCar. O aplicativo permite que pessoas que vão viajar para o mesmo destino com você paguem o valor estipulado e peguem carona no seu carro. Um dos destaques da plataforma é que as mulheres têm vantagem e podem compartilhar os carros apenas entre elas.

É bem provável que você já tenha ouvido falar do Udemy, um site que serve de plataforma para diversos profissionais que podem ensinar seus conhecimentos a outras pessoas através de cursos variados. Se você tem algum conhecimento, seja ele qual for, desde fotografia, escrita, programação, entre outros, basta colocar o seu curso online na Udemy e depois receber dinheiro cada vez que um aluno comprar seu curso online.
×